O segredo para vier uma vida inspirada

Qual é o segredo para uma vida feliz e positiva o tempo todo? A resposta é só uma: somos nós que a criamos.

Mas para criarmos uma vida que amamos, primeiro precisamos de definir O QUE É que amamos, o que desejamos ter na vida (para pedirmos alguma coisa temos primeiro de saber o que queremos).

 

Seguir os nossos valores fundamentais

Os valores são algo que fazemos ou nos focamos na nossa vida que nos ilumina por dentro, inspira e faz de nós pessoas melhores. São crenças que temos ou coisas que são importantes para nós. Estes valores atuam como um guia no nosso dia-a-dia.

Que valores devemos definir? – Isso vai depender de cada um de nós, aqui ficam os meus principais valores e porque é que são importantes para mim:

Valor 1: Amor próprio!

Pode parecer egoísta, mas não é. Acho que devemos nos colocar sempre em primeiro lugar. Eu respeito-me e não permito que nem eu nem nenhuma outra pessoa me desrespeite.

Muitas vezes temos a tendência de colocar os outros antes de nós mesmos e até fazemos coisas para os outros que vão muito além do que faríamos para nos mesmos. Outras vezes falamos com nós mesmas de forma desagradável, ou olhamos-nos no espelho e ficamos a sentir-nos mal com alguma coisa, e se pensarmos bem, não fazemos isso com mais ninguém… por isso, porque o fazemos connosco?

Temos todas a capacidade de nos sentirmos felizes conosco mesmas. Só precisamos nos colocar sempre em primeiro lugar e aprender a amar-nos e a tratar-nos bem (sempre!).

Procuro cuidar de mim todos os dias, a minha saúde, o meu bem-estar e auto-cuidado.  Tento todos os dias inspirar-me e aprender coisas novas, invisto tempo no meu desenvolvimento pessoal e em aprender coisas novas para me tornar cada vez melhor.

 

Valor 2: Positividade e abundância

Estarmos deprimidos o tempo todo, faz-nos sentir que a nossa vida é uma m?#$@, o nosso trabalho não presta, o nosso parceiro é um chato, etc. Se estiveres constantemente a pensar de forma negativa, estarás a atrair de facto toda essa negatividade.

Eu procuro ver sempre os dois lados de todas as situações. Quando analiso uma situação que aconteceu (positiva ou negativa), procuro sempre encontrar a lição que vem com essa situação, e ela existe sempre. É assim que eu procuro viver sempre. Não permito que a negatividade afete a minha vida, há sempre um lado positivo das coisas.

 

Valor 3: O meu trabalho

Para mim os meus projetos pessoais e o meu trabalho são muito importantes. Gosto do meu trabalho e da equipa com quem trabalho e amo poder fazer crescer os meus projetos pessoais.

Quando gostamos do nosso trabalho, nunca teremos de trabalhar na vida. Mas quando não se tem (ainda) o trabalho de sonho, acordar aborrecida por ter de ir trabalhar não vai adiantar de nada, pelo contrário.

Se não gostas do teu trabalho tens duas soluções:

  • Muda de trabalho e começa a fazer o que realmente amas.

ou

  • Mentaliza-te que ainda não podes ter o teu emprego de sonho e esforça-te por acordar motivada todos os dias para ir trabalhar, esta atitude torna os dias mais belos e mais bem passados. Levar negatividade para o local de trabalho não vai ajudar em nada.

 

Valor 4: Família e amigos

Valorizo socializar com a minha família e amigos. Adoro aprender com as pessoas à minha volta e por isso é importante rodear-nos de pessoas que nos inspiram e que nos elevam e podem ensinar alguma coisa.

Nós somos a média das 5 principais pessoas com quem lidamos. Por isso, devemos pensar bem quem são essas cinco pessoas que queremos sempre por perto – pode ser o nosso parceiro, os nossos pais, irmãos, amigos, etc.

Por isto é importante escolhermos o nosso círculo de amigos. Procurar as pessoas que nos fazem bem, que nos inspiram e que nos ajudam a crescer e evitar as pessoas negativas e que não fazem mais nada a não ser queixar-se e falar mal dos outros. Escolhe as tuas amizades com sabedoria.

 

Como definir os principais valores?

Estes são os meus principais valores, agora pensa nos teus. Pensa no que é realmente importante na tua vida.

Cria um ambiente agradável com música, acende uma vela e senta-te confortavelmente. Numa folha de papel escreve os teus 20 principais valores. Faz uma pausa de 2 minutos e volta a escrever mais 20 – ou 30, ou 40, os que quiseres. Cria uma lista com tudo aquilo que valorizas e amas. Podem ser coisas banais como o mar, aprender, pintar, ler, saúde, fazer exercício, …

Agora que já tens uma lista gigante com tudo aquilo que gostas, o próximo passo é destacar qual o padrão e reduzir a lista para 10 itens. Depois de criada a lista do Top 10, seleciona de 3 a 6 coisas da lista que são realmente mais importantes.

Depois de ter na lista apenas 3 a 6 itens, promete a ti mesma que a partir de hoje, viverás a vida alinhada com esses valores. Se começares a viver a vida alinhada com isso, irás notar diferenças significativas no dia a dia, no corpo, na mente e na alma. É isso que significa viver uma vida inspirada e com um propósito.

Imagino que depois de criares esta lista, olhes para ela e penses “Oh meu Deus, eu nunca faço nada disto. Adoro ler mas nunca tenho tempo, gosto de estar com a minha família mas estou sempre cansada, …” Esta pode ser a principal razão de estares sempre desmotivada e deprimida.

Portanto, o meu desafio é que coloques esta última lista onde a possas ver com frequência (no telemóvel, num bloco de notas, etc.) e durante uma semana, todos os dias olha para ela e procura viver cada dia em conformidade com esses valores.

Adorava que partilhasse comigo a tua experiência. Quais os valores que definiste? Que dificuldades sentiste?



Espero que este artigo te tenha servido,
– Diana.

Partilha:

✧ Junta-te à Tribo! ✧

Faz parte da lista da nossa Tribo e recebe conteúdos exclusivo, downloads gratuitos e dicas incríveis diretamente na tua caixa de email!

Login